Exibindo IMG-20140902-WA0001.jpg
                    ARMAS APREENDIDAS NA CASA DO EX- PREFEITO
 
    Acaba de ser preso em uma operação da Polícia Civil na cidade de Pau D'arco, o ex-prefeito daquele município, Expedito Sindô. A operação da polícia foi realizada para apreender armas  de fogo em três alvos da cidade, dentre eles, a casa do ex-prefeito.
     A operação foi coordenada pela  Delegacia de Altos com apoio das equipes de Campo Maior e Alto Longá.
      Na casa do ex-prefeito foram apreendidas duas espingardas de grosso calibre e um revólver 38(foto).



A deputada federal Iracema Portella botou a boca no trombone para denunciar o apelo que recebeu da prefeita Ana Célia (PP), de Cocal de Telha.

Iracema  Portella disse  que destinou R$ 987 mil em emendas para obras de calçamento no município e o IDEPI (Instituto de Desenvolvimento do Piauí) não liberou a contrapartida. O motivo, segundo a prefeita, é que ela não vota no governador  Zé Filho.O problema é que se a contrapartida do governo não for liberada, o município perde os recursos.

A Prefeita Ana Célia está realizando no próximo final de semana a Festa do Bode Rei na zona rural de Cocal de Telha, evento que promete reunir grande número de participantes da região.
   





    


Um grande tiroteio foi registrado na tarde desta segunda feira, 01 setembro, na cidade de Colônia do Gurguéia, no sul do Piauí. Moradores informam que um grupo de assaltantes bancaram o terror na cidade ao assaltar um carro forte,pertencente á empresa Servisan.

Houve troca de tiros entre os bandidos e Policiais Rodoviários Federais que passaram pelo local, um posto de gasolina onde os assaltantes bombardearam o carro forte .O clima é tenso na cidade e reforço policial já foi enviado para a região. Houve até a explosão de uma bomba.
 

O preso Jailson Feitosa dos Santos, que foi assassinado  sábado passado, dentro da Casa de Custódia em Teresina, não teve ainda o seu descanso eterno. Depois de ser enterrado no cemitério das Areias na zona sudeste da capital, o corpo de Jailson foi desenterrado e os desafetos dispararam vários tiros contra o defunto, ao pé da cova e ainda tocaram fogo.

Jailson  estava preso por ter matado um garoto de 15 anos na semana passada  na capital. O irmão deste garoto estava preso na Casa de Custódia e ao saber da prisão de Jailson inventou uma briga no pavilhão em que se encontrava recolhido e foi levado para o setor de triagem, mesmo lugar onde estava o assassino de seu irmão, providenciando a morte do desafeto imediatamente.

Exibindo IMG-20140901-WA0010.jpg

Um garoto de 15 anos de idade foi a primeira vítima fatal  deste dia primeiro dia de setembro, na violência urbana que toma conta de Teresina. O adolescente, que ainda não teve o nome revelado, estava em um pagode no bairro Mocambinho, zona norte da capital quando foi alvejado por  tiros. Ele estava sentado em uma cadeira e morreu na hora. A  polícia foi acionada, mas até agora não tem nenhuma informação sobre o que motivou esse crime. O que se sabe é que outros jovens já chegaram no local promovendo um verdadeiro tiroteio.
Carlito Monteiro Brito, 29 anos, morador do Bairro Fripisa, foi brutalmente assassinado em frente a um salão de Umbanda, na rua Esplanada, no Bairro Estação em Campo Maior. A via pública é conhecida como "rua dos Quibas".

O assassino já foi identificado pela polícia. É Paulo Ricardo Tavares de Sousa, 28 anos. Ele está foragido e sendo perseguido na estrada entre Campo Maior e Teresina.
O crime aconteceu na madrugada deste domingo,31 agosto. Paulo matou o homem com requintes de crueldade, quebrando a cabeça da vítima com pedras de calçamento. O rosto ficou irreconhecível.

O assassino pegou um ônibus e fugiu rumo à Teresina. A polícia está no encalço do criminoso e pode anunciar a prisão a qualquer momento.

O policial Civil Giuliano Alencar está comandando uma equipe de investigação para localizar Paulo Ricardo e prendê-lo, possivelmente na capital piauiense. Ainda não foi divulgada a motivação do crime.










Acabam se ser publicadas as primeiras imagens de Marina no jato que foi usado durante toda a campanha do PSB.Nas cenas, ela aparece desembarcando, ao lado de Eduardo Campos.O Jornal Nacional, da Rede Globo está insistindo na tese de que o uso da aeronave constitui crime eleitoral, uma vez que o jato, além de não registrado como táxi aéreo, foi cedido a Campos numa escabrosa transação com o uso de laranjas e caixa dois.

Já a candidata Marina disse que "não sabia" quais eram as condições reais do jato e comprou a versão do PSB, sobre  o empréstimo que seria pago no fim da campanha.


A imprensa nacional tem batido forte na questão que envolve o aluguel ou a doação do avião que explodiu em São Paulo com o ex- presidenciável Eduardo Campo. Há setores que acham que "tem caroço nesse angu".

Até agora ninguém quer assumir a propriedade do avião que derrubou e matou o presidenciável .  E, por conta disso, as especulações surgem aos borbotões. E, pelo visto, ninguém quer esclarecer nada até o dia da eleição.
A Força Nacional de Segurança acabaria a bandidagem no Piauí num curto espaço de tempo. Bastaria o governador querer. Não tem mais condições de se ouvir explicações, algumas estapafúrdias, da cúpula policial, para justificar a onda de violência que se vive hoje, em Teresina. Assassinatos de taxistas foram dois, nos últimos 15 dias e um deles, da forma mais cruel, arrancaram-lhes os olhos. Já chegam a quase dez, os corpos de membros de gangs assassinados nos últimos dias, na periferia. Assaltos, pelas estatísticas, ocorrem entre 30 a 50, diariamente, geralmente, em lojas e contra pessoas nas paradas de ônibus, nas ruas, no centro. E a resposta mais tola que dão a isso, seria atribuir aos fatores sociais.

Chega de insistirem que o cidadão é idiota. A causa de toda essa violência é o despreparo policial, a falta de comando, de planejamento, de regras. O governador Zé Filho tanto encontrou uma polícia ineficiente que tentou fazer mudanças, colocar policial militar nas ruas, mas não mexeu no nódulo dessa tuberculose, o comando na segurança Pública.

Pelas reações que se vê entre delegados e agentes policiais civis, falta sintonia no aparelho policial. Dias atrás, por pouco não se estabeleceu um confronto de autoridades entre sindicato de delegados e o chefão da polícia civil, o delegado geral, que está há mais de dez anos no cargo, portanto, fadigado, cansado, sem criatividade, enfim, sem mais disposição para comandar, pois, vivenciando e praticando o mesmo do dia-a-dia. Enquanto o bandido se apresenta mais disposto e reciclado. E ousado. Estranhamente, a delegada presidenta do sindicato silenciou. Deixou de ser o Davi na luta contra o Golias, como ela se autoproclamava na véspera da Assembleia Geral da categoria que James Guerra queria minar.


Entrou na reunião silenciosa, saiu muda. Qual foi o canto da sereia que Andrea Magalhães ouviu para não mais se tecer críticas à cúpula policial?

Arimatéia Azevedo
Uma grave acidente, na tarde deste sábado (30/08), fez mais uma vítima fatal no trânsito de Campo Maior. Um motociclista identificado por Antonio Sérgio da Silva, que trabalharia numa distribuidora de cerveja da cidade, bateu violentamente na traseira de uma frontier na BR 343, próximo ao Detran.

Depois de bater no veículo, Antonio Sérgio ainda foi atropelado por uma carreta que se dirigia no sentido Campo Maior-Teresina. A vítima foi socorrida ainda com vida e levada ao Hospital Regional de Campo Maior, a equipe médica tentou reanimar o homem, mais ele não resistiu.



Fotos: Eugênio Bringel
A partir do dia 1º de setembro, os advogados habilitados em processos que tramitam em segredo de justiça em comarcas do interior do Piauí poderão acessar extratos dessas ações na capital, Teresina. A medida foi autorizada pela Corregedoria Geral de Justiça do Estado do Piauí (CGJ-PI). Atualmente, para ter acesso a extratos de processos que tramitam em segredo de justiça, é necessário que os advogados dirijam-se às devidas comarcas.

Por meio de ofício  ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Piauí (OAB-PI), Willian Guimarães, o corregedor geral de Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, informa que "o serviço será prestado por meio do fornecimento de extrato pelo protocolo da Corregedoria (localizado no prédio anexo do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí), mediante solicitação do interessado, devidamente identificado, restringindo-se a informação ao advogado que contiverprocuração nos autos e devidamente anexada ao sistema Themis".

De acordo com o corregedor geral de Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, a medida atende a solicitação da OAB-PI e visa à celeridade processual. "Além disso, temos dificuldades relativas à falta de servidores no interior. Com essa medida, iremos reduzir a demanda desses servidores", comentou.

O desembargador acrescenta ainda que, futuramente, os advogados habilitados poderão ter acesso a extratos de processo que tramitam em segredo de justiça de onde estiverem, através do Portal do Advogado. "A implantação do Portal do Advogado será o próximo passo. Permitirá que os advogados façam consultas a esses processos em seus escritórios através de sistema informatizado", explicou.

Os processos que não tramitam em segredo de justiça já podem ser consultados publicamente através do sistema Themis Web (sistema processual informatizado utilizado pela Justiça piauiense de 1º Grau).
No próximo dia 3 de setembro (quarta-feira), o Ministério Público do Trabalho no Piauí e a Superintendência Regional do Trabalho no Piauí e Emprego estarão reunidos no auditório do Sesc  Avenida, em Parnaíba, às 9 horas, com os empresários que atuam na extração da palha da carnaúba.

Procuradores do Trabalho e auditores fiscais irão tratar da regularização dos vínculos trabalhistas de inúmeros operários que compõem essa cadeia produtiva. Devem estar presente na reunião proprietários de terras, proprietários de máquinas de cultivo,  arrendatários, donos de armazéns e representantes das indústrias de beneficiamento do pó da carnaúba.

Neste semestre, MPT e SRTE estão intensificando as fiscalizações no setor, tanto no Piauí quanto no Ceará. Já foram feitos vários resgates de trabalhadores em situação irregular e aplicadas multas e penalidades aos responsáveis.


Portal Campo Maior

Os municípios com maior queda de moradores são: Olho D’Água do Piauí,  Piracuruca e Cocal.

Segundo o IBGE, o Piauí ganhou 10 mil habitantes passando 3 milhões 184 mil e 166 para 3 milhões 194 mil e 718 habitantes.

Três prefeituras deixarão de receber cerca de R$ 100 mil no Fundo de Participação do Município, devido a limites territoriais mal feitos.

“Mais de 70 municípios estão com limites mal feitos, alguns tiraram áreas sem consultar a população, sem critérios e com isso municípios amargam resultados prejudiciais”, disse o supervisor do IBGE no Piauí, Pedro Soares.

O supervisor destacou que a falta de cotas deixou municípios sem aumentar o FPM. Ele cita o exemplo de Água Branca, que devido a falta de 37 moradores poderia mudar a cota de 1.0 para 1.2 e receber cerca de R$ 150 mil.
Os delegados e policiais federais vão poder escolher o próximo diretor geral da instituição.

Seria bom que se fizesse o mesmo na Polícia Civil do Piauí, acabando o cabresto, o pistolão, o QI (Quem Indica), o apadrinhamento nada republicano onde o indicado tem que mostrar ‘serviço’ para o padrinho.


A polícia Civil precisa de gente eficiente que pode ser encontrada no seio dos próprios delegados. Mas que essa escolha seja plural.

Fonte:portalaz


   O assassinato de um taxista por bandidos reincidentes no crime em Teresina e a revolta da categoria nas ruas clamando por justiça, denunciam muito bem a inércia que se abate ao longo do tempo sobre o fazer Segurança Pública no Piauí. O eco do grito dessa categoria nos ouvidos dessas autoridades públicas foi o mesmo de inúmeras mães humildes da periferia que perdem dia após dia os filhos para o crime e para a bandidagem.

   Ninguém suporta mais conviver com esse estado de coisas. E não se faz nada. Ou, pelo menos, fingem fazer. Nenhum vivente em sã consciência suporta mais o discurso vazio de que tudo está sob controle em Teresina contra o crime e contra o bandido. Esses senhores da cúpula da polícia deveriam fazer a ‘mea culpa’ e confessar: tudo está sob controle, só que dos bandidos. Não só a categoria dos taxistas, mas outras também devem correr às ruas para denunciar a insensibilidade das "caras" da Segurança Pública diante do descaso. 

    Teresina se transforma a cada final de semana em um verdadeiro "mar de sangue". Ações efetivas e planejadas da Segurança ninguém ouve falar. Até porque efetivamente não existem. Ações do governo no sentido de exigir resultados, se existem, ficam no papel, no discurso. Não se ouve outra coisa senão as inúmeras denúncias de que a Segurança Pública do Piauí é usada política e eleitoralmente. Ou Mudam de postura ou não será surpresa se a sociedade se revoltar e promover um verdadeiro quebra-quebra clamando por socorro. “Amarra esse safado em um veículo, e sai a passear com ele arrastando pela cidade, não sobraria nada, só os ossos!!!!”. Essa nota acima, postada por Mário Silva, no Facebook, exprime a indignação do cidadão diante da crueldade dos bandidos com o taxista morto ontem. Não é esse o caminho, claro, mas toda indignação tem limite. 

   O grande desafio institucional brasileiro da atualidade é evoluir nas formas de combate à criminalidade. Porém, a regra parece que nunca chega na segurança Pública do Piauí. A sociedade piauiense está farta da inércia da Polícia Civil, de discussões estéreis e de vaidades corporativas. Pensar somente no efetivo da Polícia Militar não resolve o problema. Sequer minimiza, sobretudo em Teresina. É preciso a soma inteligente de esforços institucionais para combater o crime no estado, hoje com índices de insegurança alarmantes. Mas, seguramente, não será através dos que há 12 anos fizeram da Secretaria de Segurança seu feudo pessoal.



Portalaz
Dois homens morreram em um acidente na PI-112, na estrada entre Teresina e o município de União. O acidente envolveu os veículos modelos Voyage e Hyundai Elantra. As vítimas fatais e mais um terceiro ocupante do veículo, que foi levado com vida ao hospital, não tiveram a identidade reveladas. 
Os dois condutores morreram esmagados pelo impacto da colisão entre os carros. 

GERAL